Erasmus+ 19/20

Programa Erasmus+, Cooperação para a Inovação e Intercâmbio de Boas Práticas (KA2)

Parceria Estratégica entre Países “ Investir no Futuro” para alunos do 12º ano de escolaridade

Apresentação do programa Erasmus+

O principal objetivo do Programa Erasmus+  é o de reforçar a dimensão europeia no campo da educação, promovendo a mobilidade e cooperação entre jovens de diferentes países. As Parcerias Estratégicas visam promover projetos de colaboração que permitirão que as organizações parceiras possam trabalhar em conjunto, melhorar a sua oferta educativa/formativa, refletir sobre questões comuns e partilhar práticas inovadoras;

Em primeiro lugar, a EPCE quer afirmar-se e construir-se como uma escola internacionalista, multicultural e multilinguística. Com este objetivo em vista pretende-se responder a necessidades mais de foro social e cultural, tais como estimular um sentimento de pertença à Europa e de abertura ao resto do mundo, mas também de uma cidadania ativa além-fronteiras. Se nem todos os nossos jovens serão trabalhadores internacionais, apesar das mobilidades que promovemos, todos deverão ser cidadãos do mundo. Esta cidadania ampla e a aprendizagem que implica na forma de estar, ser e de se relacionar será a sua maior base para conhecer, contactar e dominar o mercado de trabalho internacional. Esta vertente é fundamental para os nossos setores, que assentam em grande medida em aspetos subjetivos como a estética, a cultura, os significados culturais, as tradições e as mudanças sociais ou a história. Aprender tudo isto na magnitude que existe em termos de diversidade e riqueza é também uma mais-valia profissional;

A EPCE quer manter-se na vanguarda no que toca à qualidade do ensino e à concretização de objetivos pedagógicos, adotando, atualizando e aplicando sempre as melhores práticas pedagógicas e formativas.Deste modo, é necessário estabelecer algumas considerações gerais para a participação no projeto “Investir no Futuro”, nomeadamente:

  • O projeto irá promover mobilidades de 30 dias em 2020 para 21 alunos do 3º ano, divididos em dois grupos:  10 alunos do Curso de Audiovisuais e de Fotografia irão para Sassulo em Itália, e 11 alunos dos Cursos de Comércio, Comunicação e Serviço Digital irão para Attard em Malta, para realizar estágios transnacionais de 28 dias;
  •  Está prevista uma mobilidade de staff por parte do Subdiretor da Área Pedagógica, que irá ser o primeiro a fazer este tipo de atividade, no primeiro semestre de 2020. O objetivo deste job shadowing é o intercâmbio e a aprendizagem com escolas europeias sobre as suas realidades e desafios em termos de absentismo e abandono e em termos de exclusão e jovens/grupos desfavorecidos, temas centrais no nosso Projeto Educativo;
  • O custo das viagens, seguros, alojamento, alimentação, viagens que se realizem no decorrer do projeto nos diferentes países, estará a cargo do financiamento europeu atribuído ao projeto – 2019-KA102-7FD206A0;
  • Mediante documento devidamente assinado, as famílias dos alunos autorizaram filmagens e fotografias dos seus educandos com o fim único de difundir esta experiência pedagógica em sites criados para apresentação do Projeto;
  • Os professores/educadores envolvidos nas mobilidades assumirão a responsabilidade de participar ativamente em todas as atividades desenvolvidas no decorrer dos dois anos letivos do projeto e de divulgar resultados e práticas junto da Comunidade Educativa.

Critérios gerais de seleção para as mobilidades

  • O envolvimento ativo na planificação, organização, execução e disseminação de todas as atividades inerentes ao projeto (2019-2020);
  • Manter contacto ativo e frequente com os parceiros do projeto;
  • Participar ativamente em todas as atividades de promoção, divulgação e avaliação das atividades do projeto (planificação, seminários, workshops, organização de exposições, construção de Language learning Área, outros);
  • Participação ativa na organização e realização de atividades escolares para promover a imagem da escola e divulgação do projeto.

Condições prévias de aceitação 

  • Interesse na aprendizagem de línguas, avaliado pela inscrição e frequência, em horário pós-letivo, do curso intensivo de preparação linguística, aberto a todos os candidatos;
  • Não ter módulos em atraso;
  • Não ter processos disciplinares.

Critérios de ordenação dos candidatos:

  • 45% Atitudes e Comportamentos tal como definidos no Regulamento Interno (Sentido de Responsabilidade: 10%; Empenho na Aprendizagem: 10%; Comportamento Relacional: 15%; Assiduidade: 10%);
  • 25% – Nível de inglês, avaliado pela média da classificação da disciplina no 10º e 11º;
  • 30% – Média ponderada das avaliações obtidas no conjunto das disciplinas do 10º e 11º ano.

Serão asseguradas 50% das vagas para alunos de Educação Inclusiva, que não sendo preenchidas, serão redistribuídas atendendo aos critérios anunciados.

Após seleção dos candidatos

No prazo de 72 horas, qualquer aluno, por si ou por intermédio do seu encarregado de educação sendo menor, pode reclamar da classificação atribuída, mediante o pagamento da caução de cinco euros, que será devolvida em caso de deferida a reclamação.

O Presidente do Júri de Candidatura, ouvidos os restantes membros do júri, responderá à reclamação no prazo de cinco dias úteis.

LISTA DE CANDIDATOS SELECIONADOS PARA ERASMUS+ 2019/2020

3º Ano Curso Técnico Audiovisuais

– Afonso Lourenço
– Ana Catarina Machado
– Cláudia Moreira
– Inês Ferreira
– Luísa Gomes
– Nuno Machado

3º Ano Curso Técnico Comercial

– Adriana Cunha
– Guilherme Nunes
– Nísia Silva
– Nuno Pereira
– Rafael Ribeiro

3º Ano Curso Técnico Comunicação, Marketing, Relações Públicas e Publicidade

– Margarida Ramos
– Pedro Araújo

3º Ano Curso Técnico Comunicação e Serviço Digital

– Alexandre Gonçalves
– Hemilye Costa

3º Ano Curso Técnico Fotografia

– Ana Rita Pinto
– Ana Rute Pereira
– Beatriz Sousa
– Eliana Sousa
– Joana Silva
– Maria Inês Queirós

ALUNOS SELECIONADOS EM CASO DE DESISTÊNCIA

3º Ano Curso Técnico Audiovisuais

– Ema Sousa
– João Azevedo

3º Ano Curso Técnico Fotografia

– Mariana Marques
– Rúben Pereira
– Tatiana Dias

Caso haja registo de ocorrências de ordem disciplinar, o aluno poderá ser desclassificado. 

Porto, 18 de Novembro de 2019

Tens alguma dúvida? Entra em contacto connosco!

Seremos breves a responder.